25 de mai de 2008

























passou imenso tempo, nem sei quanto
um mês, dois? não sei, não compatibilizei...
sei que o tempo de separação se tornou uma rotina
não existe mais, eu e tu ou tu e eu
acabou, fim, finito. The end.
dou por mim a pensar em ti
no fazes, ou deixas de fazer,
como se isso fizesse alguma diferença
naquilo que não existe mais
apenas aquilo que existiu,
se alguma vez foi mesmo verdadeiro
ou apenas ilusão
já não sei
ou melhor nunca soube
apenas sei que o sentimento de perda
foi substituido por um de apatia
daqueles representados por um mero
encolher de ombros
sei lá de ti ou de mim,
e já não sei se realmente interessa
não sei, nem quero mesmo saber....

.